Guardiões da Identidade 02: Condução da Oração na Reunião de Oração

Seu Grupo de Oração vai estar representado no ENF 2020?
21 de outubro de 2019
Dom Alberto Taveira: Lições do Sínodo dos Bispos
24 de outubro de 2019

A reunião de oração será mais proveitosa quando for bem preparada e dirigida, criando assim melhores condições para a ação do Espírito Santo. O servo responsável pela condução da oração, o dirigente, é chamado a introduzir as pessoas no coração amoroso de Deus. Por isso deve estar aberto as moções do Espírito para este momento.

O dirigente deve ter claro que ali, na reunião de oração, não é um momento de uma oração pessoal, que vai ao encontro das suas necessidades, nem é um momento de se colocar como intercessor, rezando pela assembleia, mas como um regente de uma orquestra, ele está ali para ajudar as pessoas a abrirem seus corações para viverem sua experiência com a pessoa de Jesus Cristo.

É preciso estar atento às ações e reações da assembleia, o modo como cantam, rezam, se aderem ou não à condução que está sendo apresentada. Cuidar com a forma de introduzir a oração, para que seja clara, simples e objetiva, permitindo que todos entendam o direcionamento.

Para dirigir bem a oração é necessário ter o carisma confirmado para esse serviço. Além disso, a facilidade em conduzir a oração se dará a partir da intimidade que o servo tem com o Senhor, a sua vida de oração.

Saiba mais, no segundo vídeo da Série Guardiões da Identidade abaixo. Deus abençoe!

Fonte: Módulo Básico – Apostila 3 – Grupo de oração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X