Fechar
Popup
Renovação Carismática Católica - Santa Catarina
Notícias da Igreja
 
 
24
Fev
Lançai a Palavra - O desafio que mobiliza jovens nas redes sociais
Lançai a Palavra - O desafio que mobiliza jovens nas redes sociais

Lançar a Palavra de Deus nas redes sociais. Esse é o desafio que começou no interior de Santa Catarina e está mobilizando jovens de todo o Brasil nos últimos dias.

Ao ser desafiado no “Lançai a Palavra”, o usuário do Facebook grava um breve vídeo lendo um trecho bíblico que lhe toca o coração. Em seguida, publica o vídeo em seu perfil pessoal desafiando outras três pessoas a fazerem o mesmo. Se os amigos não publicarem o novo vídeo em 24 horas, devem presentear o desafiante com uma Bíblia.

A ideia se espalhou primeiro entre a juventude catarinense. Jovens das dioceses de Chapecó, Criciúma, Joinville e Florianópolis começaram a publicar seus vídeos e espalhar o desafio a outros jovens. Não demorou muito para que outros estados difundissem a ação evangelizadora. Vídeos de jovens do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Amazonas, Brasília, Goiás e São Paulo já podem ser encontrados na rede. No fim de semana, a mexicana Mariana Ortiz, de Mérida, foi desafiada e começou a propagar a ideia em seu país.

“Eu sou apaixonada pela Palavra de Deus. Sou apaixonada pela missão e por transmitir o Evangelho para todos os cantos, seja com palavras ou testemunhos. Confesso que estou apaixonada e super entusiasmada com esse desafio de ‘lançar a Palavra’ e não me canso de assistir aos vídeos dos meus amigos. Entre tantas coisas ruins no Facebook, vemos uma que pode mudar e converter muita gente! Deus seja louvado por isso! Tenho certeza que, a cada vídeo gravado, o coração de Jesus se alegra mais e mais. Uma bela iniciativa a ser seguida!”, testemunhou em sua rede social a jovem Mari Jochen, de Criciúma.


A iniciativa é do padre Ederson Iarochevski, de 30 anos, da Diocese de Caçador (SC). Ele gravou o primeiro vídeo na secretaria da paróquia onde trabalha, na cidade de Rio das Antas (SC). A gravação prima pela simplicidade, deixando em evidência a força das palavras proclamadas. Tem apenas 28 segundos e é a leitura do Evangelho segundo São Marcos (Mc 8,34-35).
Em nível diocesano, o jovem sacerdote foi colaborador na organização da Diocese para a JMJ Rio2013. Atualmente acompanha a Pastoral Universitária e, na paróquia, inicia ações de evangelização com a juventude.

Confira a entrevista do padre Ederson ao Jovens Conectados sobre a iniciativa:

Jovens Conectados (J.C.): Como surgiu a ideia do desafio “Lançai a Palavra”? Qual o objetivo?

Padre Ederson (P.E.): Desafiar alguém só é válido quando a proposta promove a pessoa em sua dignidade, em sua inteireza. No mundo virtual, se vê muitas ações que conduzem os jovens a realizar desafios que são afrontas aos princípios cristãos. Um dos exemplos mais notórios é o do desafio “Bávaro da Cerveja” que desafia as pessoas, especialmente adolescentes e jovens, a tomar uma quantidade de cerveja e postar o vídeo. Assim o jovem, para “existir para o mundo virtual”, apela para algo que o conduz a um caminho triste que é o do alcoolismo, por exemplo.
Ser cristão é desafiar-se constantemente, para que sejamos pessoas melhores. Então o desafio “Lançai a Palavra” surge com o desejo de que os jovens cristãos possam desafiar-se entre si em levar a Palavra de Deus que os tocou intimamente, e assim fazer com que a própria Leitura Orante da Palavra seja mais difundida entre eles.
Precisamos despertar nos jovens um amor verdadeiro pela Palavra de Deus. Que, sem medo e timidez, possam proclamar que o contato com esta Palavra os engrandece e os faz desejosos de ver outros tantos jovens viverem, com alegria, uma maior intimidade com a Palavra Sagrada.



J.C.:Como está sendo a recepção por parte dos jovens?

(P.E.): Não tenho condições de mensurar onde e em que portas e corações a proposta já chegou, visto que o mundo virtual atinge milhões de pessoas. Mas algo que considero é que muitos têm esperado ansiosamente em ser indicado para tal desafio. Isto vai revelando que os jovens que estão nas redes virtuais, quando são contatados por um desafio positivo, fazem questão de levar adiante a ideia.
Na sua opinião, como os jovens podem lançar a Palavra de Deus nas redes sociais?Com os diversos programas que podem fazer materiais e com a criatividade e genialidade dos jovens pode-se fazer uma evangelização séria e repleta de beleza no mundo virtual. Há uma grande carência de Palavras de vida, ânimo, alegria, esperança, justiça nas convivências, sejam reais ou virtuais. Então todo versículo, uma parábola, uma das falas de Jesus, enfim, algo que esteja ligado à mensagem que o Senhor nos deixou de evangelizar o mundo, já é merecedor de aplausos. Cada vez que um jovem publica algo voltado para a santificação das pessoas, ele se santifica.
Se você leu algo que te abençoou, compartilhe! Se assistiu algo que te santificou, compartilhe! Se ouviu algo que te fortaleceu na fé, mostre aos seus amigos! Não se pode ter medo de “postar” o que nos faz ser Imagem e Semelhança de Deus.



(J.C.): Como jovem padre, que conselho você daria aos jovens em sua ambiência nas redes sociais?

O mundo virtual revela nossas capacidades, mas também pode escancarar nossas fraquezas. Temos a oportunidade de corroborar com nossos contatos, acelerar a comunicação, partilhar o que gera mais vida. Mas também há o risco de desnudar a alma no mundo virtual, viver como se não tivesse intimidade com o outro. A pessoa é sequestrada por angústias dilacerantes, porque vai, aos poucos, abandonando a vida real, e caindo na armadilha da ilusão virtual. É preciso ter conciliação entre o mundo real e o virtual. E também equilíbrio e discernimento em tudo o que se faz nas redes sociais virtuais, pois o que é ali colocado permanecerá para sempre registrado. Portanto, se é para marcar presença no mundo virtual que seja sempre uma presença verdadeira. Que se use o espaço para se relacionar sadiamente e promover, com alegria e espontaneidade, ações que movimentem o coração de seus amigos para a vivência de uma alegria com sentido.

(J.C.): Você acha que a JMJ Rio2013 deu um novo fôlego evangelizador para a juventude católica?

(P.E.): Creio que a JMJ Rio 2013 fez com que os jovens respirassem a alegria de ser cristão nos tempos modernos. Penso que manifestamos a alegria de fazer parte da Igreja de Cristo. Um testemunho lindo de jovens do mundo inteiro que, juntamente com a Igreja, peregrinam por este mundo compartilhando as alegrias da missão de ser cristão convicto de sua fé e, ao mesmo tempo, evangelizador de outros jovens. A JMJ foi o testemunho de milhões dizendo ao mundo que vale a pena ser de Deus.


 


Repórter: Fabíola Goulart


Link: http://www.jovensconectados.org.br/desafio-mobiliza-jovens-nas-redes-sociais.html


Fonte: Jovens Conectados

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Santa Catarina. Todos os direitos reservados.